Multiways

Mundo

União Europeia discute possibilidade de negócios na Amazônia
10 de Abril de 2019

Técnicos das Coordenações Gerais de Comércio Exterior e de Estudos Econômicos e Empresariais da Suframa participaram nesta quinta-feira (04/04), na Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, de reunião envolvendo representantes de embaixadas e de consulados da União Europeia e representantes de diversos órgãos e entidades de classe do Amazonas, tais como Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI), Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Federação da Agricultura e da Pecuária do Amazonas (Faea) e Empresa Estadual de Turismo (AmazonasTur), entre outros.

 

A reunião, incluída na agenda que a comitiva da União Europeia cumpre em Manaus até esta sexta-feira, dentro do Programa de Imersão na Indústria Brasileira, foi promovida pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (CIN/Fieam). O objetivo é apresentar e discutir possibilidades mútuas de cooperação tecnológica e produtiva, bem como disseminar oportunidades de investimentos e negócios na região com base, principalmente, nos incentivos do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM). A comitiva europeia é composta por representantes de embaixadas e consulados da Espanha, Eslováquia, Itália, Suécia, Croácia, Finlândia, Alemanha, Bélgica e Países Baixos, além dos profissionais da seção de Assuntos Comerciais da União Europeia, Michele Villani e Miguel Castro.

 

A Suframa realizou duas apresentações técnicas durante a reunião - uma conduzida pelo coordenador geral de Comércio Exterior, substituto, Frederico Aguiar, e outra pelo técnico da Coordenação Geral de Estudos Econômicos e Empresariais, Rafael Gouveia - que tiveram o propósito de apresentar as diretrizes e vantagens comparativas do modelo ZFM, com destaque para sua área de abrangência, os incentivos fiscais concedidos no âmbito do Polo Industrial de Manaus (PIM), das Áreas de Livre Comércio (ALCs) e da Amazônia Ocidental como um todo e os segmentos estratégicos para cooperação e investimentos. A equipe da autarquia também dirimiu, posteriormente, todas as dúvidas da comitiva europeia durante sessão de perguntas e respostas.

 

De acordo com Aguiar, um dos tópicos bastante focados durante a reunião foi o grande interesse da Suframa em promover parcerias com instituições europeias a fim de possibilitar a utilização e o o desenvolvimento de novas tecnologias na região. Ele fez questão de lembrar a viagem que o superintendente da autarquia, Alfredo Menezes, fez a Israel, nesta semana, justamente com o objetivo de atrair tecnologias de ponta para a Zona Franca de Manaus e viabilizar uma alternativa de geração de emprego e renda. "É importante também salientar que a Suframa atua na administração de recursos de Pesquisa e Desenvolvimento na região e tem buscado fomentar, junto ao governo federal, uma linha de bioeconomia. Além disso, temos também trabalhado em outras frentes, como, por exemplo, a criação de distritos agroindustriais. Todas essas ações têm o objetivo de trazer possibilidades diversas ao desenvolvimento da região que complementem a oferta de incentivos fiscais", complementou. A comitiva europeia finaliza sua programação de atividades em Manaus nesta sexta-feira (05/04), tendo como destaque da agenda uma visita ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

 

Fonte: Superintendência da Zona Franca de Manaus – Suframa

Planeta Sustentável