Multiways

Política

Seis novos adidos agrícolas assumem postos no exterior até o fim do ano
27 de Novembro de 2018

Seis novos adidos agrícolas foram designados para dialogar e defender interesses do Brasil no exterior. Na edição do Diário Oficial da União da última sexta-feira (23/11), o presidente Michel Temer e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, assinaram as nomeações. De acordo com nota divulgada pelo Ministério da Agricultura, os adidos agrícolas brasileiros são escolhidos por meio de processo seletivo de base técnica, com mandato de dois anos, passível de renovação por mais dois.

 

 

Eles são profissionais capazes de antecipar-se às mudanças constantes nas exigências dos países importadores de produtos agrícolas e de responder, de forma rápida e tecnicamente consistente, aos vários questionamentos feitos pelos parceiros comerciais do Brasil. Para ocupar o cargo de adido junto à União Européia, em Bruxelas, foi designado Guilherme Costa, reforçando a atuação brasileira junto ao atual adido Márcio Rezende. Na Colômbia, em Bogotá, irá atuar Marcus Vinicius Segurado Coelho; no Canadá, em Ottawa, a representante será Luciana Pimenta Ambrozevicius; no Reino do Marrocos, em Rabat, irá atuar Nilson César Castanheira Guimarães. Na República do Egito, no Cairo, o adido será Cesar Simas Teles, e, na República da Indonésia, em Jacarta, o cargo será ocupado por Gustavo Bracale.

 

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa

Planeta Sustentável