Multiways

Mercado Exterior

Indústria elétrica e eletrônica: importações e exportações recuam no primeiro bimestre
02 de Abril de 2019

No acumulado de janeiro-fevereiro de 2019, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 813,6 milhões, 4,1% abaixo das ocorridas no mesmo período do ano passado (US$ 848,4 bilhões). Já as importações do setor atingiram US$ 5,18 bilhões no acumulado dos dois primeiros meses, resultado 3,5% inferior ao atingido no igual período de 2018 (US$ 5,37 bilhões).

 

Com isso, o déficit da balança comercial dos produtos elétricos e eletrônicos somou US$ 4,37 bilhões, 3% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado (US$ 4,52 bilhões). Em fevereiro de 2019, as exportações de produtos elétricos e eletrônicos somaram US$ 424,9 milhões, 1,2% abaixo das registradas em fevereiro do ano passado (US$ 430,3 milhões). O resultado foi influenciado, principalmente, pela redução de 8,7% nas vendas externas de Componentes Elétricos e Eletrônicos, que atingiram US$ 193,7 milhões. As exportações desses bens representaram 46% do total do setor eletroeletrônico.

 

Recuaram também as vendas externas de bens de GTD - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica. Também houve queda de 79% nas vendas externas de monitores de vídeo, que recuaram de US$ 4,5 milhões em fevereiro de 2018 para US$ 1 milhão em fevereiro de 2019. As importações de produtos do setor totalizaram US$ 2,36 bilhões no mês de fevereiro de 2019, resultado 3,2% inferior ao verificado no mesmo mês do ano anterior (US$ 2,44 bilhões). A maior queda foi da área de Componentes Elétricos e Eletrônicos (-10,6%).

 

Fonte:Assessoria de Imprensa da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) – Abinee

Planeta Sustentável