Multiways

Economia

Diretor-geral da OMC é favorável à entrada do Brasil na OCDE
25 de Março de 2019

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou ser favorável à entrada no Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) já que o país passaria a fazer parte das discussões da agenda mundial. Para ele, trata-se de um passo importante, já que, além de garantir um selo de qualidade ao Brasil, muitas das negociações que vão parar na OMC ou em discussões bilaterais têm origem na OCDE.

 

Segundo Azevêdo, o Brasil dentro da OCDE estará na gestão embrionária de vários acordos comerciais e de várias iniciativas internacionais. Para ele, não ficou claro se o Brasil abrirá mão de seu status de país em desenvolvimento na OMC, onde recebe tratamento diferenciado.

 

O secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marco Troyjo, afirmou que o Brasil está começando um processo para abrir mão de seu status de país emergente na OMC. Fazem parte da OCDE 36 países que aceitam os princípios da economia de mercado e formulam políticas para solucionar problemas internacionais. O Brasil é membro observador da OCDE desde 2007.

 

FONTE: JORNAL O GLOBO

Planeta Sustentável